segunda-feira, 9 de março de 2009

Criança diz cada uma... 2


O Mar
Carlos Henrique não tinha dois anos, quando, vendo uma ressaca em Copacabana exclamou:
- Puxa! O mar ta zangado, não é?
E depois de um suspiro:
- Parece gente.

Influência de Televisão
O menino estava danado da vida. O pai vinha sempre ocupar a sua cadeira preferida.
A certa altura, revoltado, querendo fazer com que o pai lhe deixasse a poltrona, o menino explode:
- Papai você quer fazer o favor de mudar de canal, sim?

A Balança
Iara, filhinha de Nelson Vaz, tinha ido à farmácia para se pesar.
Chegou e explicou:
- Mamãe, só ficou faltando um minuto pra vinte e cinco quilos.

Conversa com Deus
Essa quem me contou foi o nosso enorme Manoel Bandeira.
O filhinho de Maria de Lourdes Alencar era pequeno e certo dia, quando passou por uma igreja, quis saber:
- Igreja é o que heim?
- É a casa de Deus.
- E o que a senhora vai fazer na casa de Deus?
- Falar com ele.
Ao sair do templo a mãe pergunta?
- O que foi que você disse a Ele?
-O menino olha desconsolado.
- Eu não tinha assunto. Só disse: “Até logo, Deus!”

A Foto
Maria do Rosário é neta de Afonso Pena Junior.
Descobrindo uma foto da avó, da belle époque, pergunta:
- Vovó, que brotinho é esse aqui?
- Sou eu, querida.
- E esse vestido tão lindo a senhora guardou?
- Guardei, sim, meu bem. No quarto de guardar.
- E esse leque também a senhora guardou?
- Guardei no mesmo lugar.
- E esses brincos também?
- Também, meu anjo.
- E a cara, a senhora também guardou lá, vovó?

O Desejo
Mestre Martinho da Rocha examinava um clientinho e conversava, ao mesmo tempo, para estabelecer contato com o menino. Filho de um multimilionário, o pirralho vivia preso em casa, sem ver luz, sem participar da vida agitada e alegre dos meninos pobres da vizinhança. Tinha um berço de ouro, mas, lhe faltava algo do calor humano e verdadeiro, lhe faltava o contato com a vida.
-O que é que você quer ser quando crescer? – quis saber o médico. – Advogado? Médico? Engenheiro?
E o menino, olhando o doutor com olhos sonhadores:
- Eu quero ser é moleque

O Chifre
Luis Ricardo, de cinco anos, estava brincando com o Fernandinho e fazendo mil e uma estrepolias, quando a tia Armanda reclamou:
-Mas que é isso Ricardo! Então isso é maneira de brincar? Você se portando mal vai ficar como um diabinho com dois chifrinhos na testa.Olha, estão até nascendo...
E Fernando para o outro:
- Aproveita, logo! Dá uma chifrada nela.

A Freira
Márcia, sobrinha de Murad, deparando com uma freira à porta de sua casa:
- Mamãe, olha ali uma mulher vestida de padre!

O Cotovelo
Ziraldo estava ensinando sua filha as partes do corpo:
- Isto são os olhos... Isto é a boca... Aqui está o pescoço.
Depois passou para os membros:
- Isto é a mão... braço... antebraço
E dobrando o braço da menina apontou para o cotovelo:
- E isto aqui...
-Isto eu sei – atalhou a menininha.
- Sabe?
- Sei. Isto é o queixo do braço.

A Bola
A meninazinha contemplou a lua cheia, conta-me a psicóloga Ofélia Bolsson Cardoso e perguntou à mãe:
- Foi Pelé quem chutou ela?

Filho de Romancista
Herberto Sales Filho, um menino maravilhoso, tem umas saídas extraordinárias.
Maneira de pedir uma folha em branco para rabiscar:
- Papai me dá uma folha de papel vazio?

O Nascimento
Vitor Emanuel, de quatro anos, ouviu no rádio o locutor dizer entre outras coisas:
- O Brasil nasceu na Bahia.
Vitinho riu daquela asneira e perguntou:
- Mamãe, lugar nasce?

A Coceira
Márcia, de três anos, filha de Vittorio Lanari, não sabendo como se referir à coceira que estava sentindo no braço, explicou:
- Tou com dor de pulga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário