terça-feira, 3 de março de 2009

Jamais faça pergunta sem ter certeza da resposta!

Inquirição em Juízo de um policial pelo advogado de defesa do réu, que tentava abalar a sua credibilidade.

Advogado: Você viu meu cliente fugir da cena do crime?
Policial: Não senhor. Mas eu o vi a algumas quadras do local do crime e o prendi como suspeito, pois ele é e se trajava conforme a descrição dada do criminoso.
Advogado: E quem forneceu a descrição do criminoso?

Policial: O policial que chegou primeiro ao local do crime.
Advogado: Um colega policial forneceu as características do suposto criminoso. Você confia nos seus colegas policiais?

Policial: Sim, senhor. Confio a minha vida.
Advogado: A sua vida? Então diga-nos se na sua delegacia tem um vestiário onde vocês trocam de roupa antes de sair para trabalhar.

Policial: Sim, senhor, temos um vestiário.
Advogado: E vocês trancam a porta com chave?

Policial: Sim, senhor, nós trancamos.
Advogado: E o seu armário, você também o tranca com cadeado?

Policial: Sim, senhor, eu tranco.
Advogado: Por que, então, policial, você tranca seu armário, se quem divide o vestiário com você são colegas a quem você confia sua vida?

Policial: É que nós estamos dividindo o prédio com o Tribunal de Justiça, e algumas vezes nós vemos advogados andando perto do vestiário.
Uma gargalhada geral da platéia obrigou o Juiz a suspender a sessão ...
Advogado é fogo, mas policial é policial!

Nenhum comentário:

Postar um comentário