terça-feira, 21 de abril de 2009

Banda Larga via rede Elétrica saiba mais

Uma grande novidade para o mundo da Tecnologia Banda Larga via rede elétrica.

Anatel começa regulamentar o Serviço

A transmissão de banda larga via rede elétrica representa uma grande revolução e avanço, conhecida também como Broadband Powerline - BPL.

Como funciona a Banda Larga via Rede Elétrica

A conexão vem de um cabo de Fibra Óptica, para ter o sinal e conexão basta conectar o modem especialmente desenvolvido para a a Banda Larga via rede elétrica em qualquer tomada da casa.

Quando está disponível a BPL

No Estado de São Paulo o fornecedor de Banda Larga por rede elétrica será a AES Eletropaulo que preve a disponibilização antes do primeiro semestre de 2009.

Mais usuários poderão estar utilizando essa nova tecnologia

Devido a facilidade de instalação e acesso muitas pessoas no Brasil poderão ter conexão através da Banda Larga via rede elétrica já que existem muitas rede de distribuição de energia elétrica no país.

A Banda Larga via rede elétrica já está funcionando

A AES Eletropaulo disponibilizou o serviço para teste no final de 2007 para o Bairro de Moema que fica na zona Sul de São Paulo, sendo que 150 clientes em 20 prédios estão utilizando.

Não e necessário fazer cabeamento para a Rede

Uma das grandes vantagens que não é necessário cabeamento e nem sair quebrando as paredes, basta usar qualquer tomada da sua casa.

Qual é a velocidade máxima atingida

Durante alguns testes efetuados a velocidade atingida foi de 80 Mbs para cada prédio, mas como o serviço é compartilhado então quanto mais usuários menor será a velocidades.

A AES Eletropaulo afirma ter uma ótima InfraEstrutura.

A empresa possui mais de 2000 km de fibra óptica instalada só na grande São Paulo.

Alteração ou perda de velocidade

A Regulamentação da Anatel efetuo medidas regidas e precauções para que não ocorra interferência ou queda de velocidade quando se utilizar aparelhos elétricos na residência para que a conexão também não caia o sistema será protegido por filtros.

Fonte: Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário