terça-feira, 5 de maio de 2009

Bispo afirma que Igreja aceita padres homossexuais

No encerramento da 47ª Assembleia Geral dos Bispos dos Brasil, que terminou na última sexta, 1, o bispo Dom Luís Soares Viera, vice-presidente da CNBB, afirmou que homossexuais podem ser padres, basta que sejam celibatários.

"Eles [homossexuais] são pessoas humanas. Têm essa constituição e devem ser tratados como gente, com respeito. Agora, o que se exige do heterossexual para ser padre, se exige também do homossexual. Se ele for entrar no celibato, tem que viver a castidade", afirmou o bispo em entrevista à Folha de São Paulo.

A assembléia aconteceu em Indaiatuba e durou dez dias, tendo a presença de cerca de 330 bispos. O intuito foi estabelecer novas diretrizes aos padres, houve votação sobre celibato, que continua sendo um pré-requisito para fazer parte da instituição. A participação de gays na igreja foi um assunto pertinente, resultando na retirada do termo "homossexualismo" dos documentos oficiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário