segunda-feira, 15 de junho de 2009

Nilson Lima: "Não me sinto mais a vontade no PT"



Ex-secretário diz que pensa em deixar o partido para concorrer ao governo do Estado

Em entrevista concedida a uma emissora de rádio da capital sergipana nesta segunda-feira, 15, o ex-secretário da Fazenda, Nilson Lima, afirmou que existe a predisposição para colocar seu nome como candidato ao governo do Estado em 2010, por partido ainda sem definição. Lima, que é filiado ao Partido dos Trabalhadores há 27 anos, disse que não se sente mais confortável no PT, desde seu rompimento com o governador Marcelo Déda.

“Minha permanência no PT é insustentável. Não me sinto mais a vontade e cheguei a conclusão que tenho duas alternativas. Ou eu deixo a política ou sigo para participar de um projeto político que me dê autonomia”, ressaltou .

O nome de Nilson Lima receberia sustentação para a candidatura a deputado federal, aspecto que já era apontado desde a chegada de Lima ao governo. “Eu estava me preparando para a candidatura e acredito que o PT daria a sustentação para o meu nome. Mas o meu coração é um coração ferido”, salientou o ex-secretário.

Alianças

Questionado sobre uma possível aliança com o partido Democratas, Nilson não afirmou nem negou. Apenas disse que está conversando com as lideranças políticas do Estado, totalizando nove partidos. “Já pude conversar com nove lideres de partidos, entre eles o ex-deputado João Fontes, do PPS, e sinto que existe a demanda de alguns setores da sociedade para o lançamento da minha candidatura a governador”, revela.

Fonte: cinform

Nenhum comentário:

Postar um comentário