terça-feira, 21 de julho de 2009

O ECLIPSE SOLAR MAIS LONGO DO SÉCULO XXI MERGULHARÁ A ÁSIA NA ESCURIDÃO


O eclipse solar total mais longo do século XXI na quarta-feira, 22, mergulhará em completa escuridão a China e a Índia, os dois países mais povoados do planeta e onde os contos e as mitologias evocam este fenômeno tanto como o anúncio de bons augúrios como de maus presságios. O astrofísico americano Fred Espenak definiu este eclipse do Sol como um fenômeno gigante, que poderá ser observado por nada mais nada menos que dois bilhões de pessoas, um recorde na história da Humanidade. A partir das 00H53 GMT - 06H23 na Índia-, a noite voltará a cair um pouco depois do amanhecer no estado de Gujarat (oeste).Depois, a escuridão se irradiará por um corredor de 15.000 km de extensão e 200 km de largura, atravessando a Índia, o Nepal, o Butão, Bangladesh, Mianmar e China, e alcançando também as ilhas meridionais japonesas de Ryukyu. "Será o eclipse mais longo do século. Nenhum de nós viverá o suficiente para ver outro igual", afirmou, estusiasmado, Federico Borgmeyer, diretor da agência de viagens alemã Eclipse City.O Sol ficará completamente bloqueado pela Lua durante seis minutos e 39 segundos em uma zona pouco habitada do Pacífico, um recorde de duração para um eclipse que só será quebrado em 2132. O sexto eclipse total do século tomou conta da atividade comercial e turística no Extremo Oriente, a região geográfica ideal para aproveitar este fenômeno astronômico. O eclipse dessa quarta é "um momento muito perigoso no universo", adverte Raj Kumar Sharma, um astrólogo de Mumbai. "Se o Sol, o senhor das estrelas, está doente, então acontecerá algo de grave no mundo", prevê.
Fonte: último minuto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário