quinta-feira, 13 de agosto de 2009

PM resgata criança de dois anos abandonada pelo pai na região da caatinga

Uma menina de apenas dois anos de idade foi encontrada por policiais do Pelotão Especial de Policiamento em Área de Caatinga – Pepac –, por volta das 20h de terça-feira, 11, após ser abandonada pelo pai, o cidadão de nome Jackson da Silva, 21 anos.

Natural do município de Pedro Alexandre, na Bahia, o pai da criança ainda encontra-se foragido. O bebê foi deixado no terreno de uma casa localizada no povoado Santa Rosa do Ermírio, no município de Poço Redondo, distante 184 km de Aracaju, após uma discussão entre o pai e a mãe do bebê, a jovem Ana Lúcia Bezerra da Silva, 22 anos.

De acordo com o tenente Oliveira, comandante do Pepac, Jackson é acusado de agredir a esposa e sequestrar a filha, tendo ameaçado matar a criança e cometer suicídio. O fato foi denunciado ao 4º Batalhão de Polícia Militar sediado no município de Canindé de São Francisco, que acionou a equipe do Pepac.

A unidade especializada de imediato iniciou diligências pela área, com lanternas, bússolas e GPS, a fim de resgatar a criança e deter o indivíduo suspeito em flagrante. Em meio às buscas, os policiais se depararam com a garota chorando no terreno de uma casa localizada na área da caatinga.

Os policiais suspeitam que a criança tenha sido abandonada pelo pai quando este percebeu a presença dos militares no local. A menina foi conduzida à casa da mãe, que deverá se dirigir à delegacia local para efetuar o registro da ocorrência.

Fonte: cinform

Nenhum comentário:

Postar um comentário