quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Calcinha Preta faz 30 shows por mês na trilha de "Você Não Vale Nada..."

"Caminho das Índias" acabou na última sexta-feira, mas uma música de sua trilha não será esquecida tão cedo. Tema de Norminha (Dira Paes), "Você Não Vale Nada, mas Eu Gosto de Você" transformou a banda Calcinha Preta em fenômeno.
Depois de emplacar a versão na novela, o grupo passou a fazer até 30 shows por mês --antes a média era de 20. A façanha é resultado de apresentações dobradas nos fins de semana. Cada uma custa cerca de R$ 80 mil.
O Calcinha Preta tem 13 anos de estrada. São cinco vocalistas, nove músicos, oito bailarinos e 42 técnicos que viajam de ônibus para cumprir a maratona. A sede da banda é em Aracaju (SE).
Na última segunda-feira, por exemplo, a trupe percorria 500 km para se apresentar em Sinop (MT). Na noite anterior, foram vistos em Gama (DF); ontem, o compromisso era na capital mato-grossense, Cuiabá.
No próximo dia 22, a banda embarca para o Canadá e EUA, onde tem shows marcados em Toronto, Dembory, Nova York e Boston, cidades que abrigam grande número de imigrantes brasileiros.
Com a força de um genuíno hit, "Você Não Vale Nada..." abre e fecha os shows nas vozes de Silvânia e Bel.
"A galera vai ao delírio", contou Bel de dentro do ônibus, em uma entrevista dificultada pelo sinal ruim do celular. "Pela primeira vez uma música de forró ganhou espaço, passaram a olhar o forró com outros olhos."
O cantor Bel, que está na banda há 14 meses --antes, era do Cavaleiros do Forró--, acredita que o sucesso tem reflexo para todo o gênero. "Estão admirando nosso trabalho e isso é bom para todo movimento do forró", exagera.
Com esquema de produção própria, a banda já lançou 21 CDs e três DVDs. Chegou a vender 350 mil cópias de um disco. O álbum custa em média R$ 10. Os vídeos do Calcinha Preta já tiveram pelo menos 100 milhões de acessos no YouTube.
De autoria do compositor Dorgival Dantas, a música é também um dos ringtones mais vendidos do país e está em uma propaganda da Caixa Econômica Federal.
Fonte: nenoticias.com.br

Leia mais acessando Folha Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário