quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Cientistas encontram mais antigo ancestral humano na Etiópia


'Ardipithecus ramidus' viveu há 4,4 milhões de anos.
Macacos e homens tiveram evolução distinta há muito mais tempo.

- Ardi foi encontrada em Afar Rift, na Etiópia, onde muitos fósseis de plantas e animais (incluindo 29 espécies de aves e 20 espécies de pequenos mamíferos) foram descobertos. Achados perto do esqueleto indicam que, na época de Ardi, a região era arborizada.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário