quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Intervenção do Governo beneficia comercialização de feijão em Poço Verde

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), tem buscado intervenções reguladoras que equilibrem o mercado de produtos agrícolas, particularmente no momento em que diversos municípios estão contando com colheitas recordes de feijão. Um exemplo desse trabalho é realizado na cidade de Poço Verde, cuja safra ultrapassou as expectativas, o que torna os agricultores alvos de especuladores que pretendem ditar os valores para um ganho maior na revenda a outros centros.

De acordo com o prefeito do município, Antonio de Dorinha, no último sábado, 26, alguns agricultores chegaram a comercializar um saco de feijão com 60 kg por valores entre R$ 30 e R$ 40. “Foram poucos os que tiveram essa atitude, pois o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Viana, antecipou-se ao fato e deu entrevistas em emissoras da região alertando os produtores a não comercializar a safra antes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) se manifestar sobre o preço de referência, estipulado em R$ 87,60 para esse produto”.

A interveniência da Conab, o respaldo da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) e o trabalho da Prefeitura de Poço Verde, com a cessão de servidores e locais para armazenagem, propiciou a estrutura necessária para atender de imediato os agricultores, embora seja necessário continuar buscando outros locais que possam servir de armazéns por conta da safra recorde no município.

De acordo com José Edilzo, representante da Conab, algumas providências, como a aquisição de mais balanças para a pesagem das sacas, já estão sendo tomadas pela Prefeitura, pois é necessário adiantar o fluxo de recepção e das aquisições por parte da Companhia para que os agricultores possam também cumprir com compromissos com agentes financeiros. Ele informou que cada agricultor deve receber nos próximos 15 dias aproximadamente R$ 8 mil por conta da produção adquirida pela Conab.

Grande Safra

Segundo a Emdagro, as sementes de excelente qualidade distribuídas pelo Governo do Estado, aliadas ao trabalho da assistência técnica e da existência de condições climáticas favoráveis, revelaram o grande sucesso da colheita, cujos resultados estão deixando os agricultores eufóricos, influenciando num aumento ainda mais significativo no plantio de feijão para 2010.

A colheita do feijão em 2008 no município de Poço Verde foi de aproximadamente 12,8 mil toneladas nos 11,5 mil hectares plantados, levando-se em conta o plantio característico na região, feito de forma isolada, como também consorciada com o milho. A projeção deste ano, numa área plantada de 13 mil hectares, redundou numa colheita de 13,5 mil toneladas, representando um aumento de 25% em relação ao ano passado.

Em Sergipe, a área plantada com feijão em 2008 foi de 35,6 mil hectares, rendendo 22 mil toneladas, enquanto neste ano foram plantados 42,2 mil hectares, com colheita projetada em 28 mil toneladas de feijão.


Fonte: ASN

Nenhum comentário:

Postar um comentário