sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Professores de Poço Verde teve salario reduzido

Um cacófato cairia bem aqui, porém a gente prefere parafrasear a usar um vício de linguagem: um puxão leva a outro. Como a CNNPV já havia tratado ontem, afora as críticas à área educacional, ao Executivo pela dispensa a muito comissionado e contratado; agora é o professor municipal que cai na rede de contenção de despesa. Hoje pela manhã, a categoria teve uma desagradável surpresa ao retirar o extrato bancário referente ao pagamento do funcionalismo público – o salário havia sido cortado ao meio. Uma parte em maior ou menor valor conforme o cargo. Um interlocutor afirmou à Central que a prefeitura confirmara que o saldo devedor voltará à conta dia 10 do corrente. Outro, porém afirmou que a degola salarial vem de encontro ao puxão de orelha de um órgão federal haja vista o não-pagamento de acerto trabalhista da gestão anterior o que teria reduzido pela metade a entrada de recursos para pagamento de despesa, porém nada confirmado pelo Executivo. Na tarde desta quarta-feira, 30, a gente tentou entrar em contato por telefone com a assessoria de comunicação, mas a ligação não foi atendida. Nesse ínterim, foi repetida ação para falar com a secretaria de Educação, cujo número outra pessoa já faz uso do número. De antemão, um sindicalista afirmou à CNNPV que toda explicação foi enviada a um ex-dirigente sindical para repassar à categoria. A CNNPV aguardará para informar ao internauta.

Fonte: CNNPV

Nenhum comentário:

Postar um comentário