sábado, 6 de março de 2010

Sergipe poderá ter usina nuclear em 2019

A construção de uma usina nuclear pode se tornar uma realidade em Sergipe. Defensor do projeto, o governador Marcelo Déda reuniu uma comitiva formada de parlamentares, prefeitos, secretários e técnicos para tirar todas as dúvidas sobre os impactos, investimentos, requisitos, segurança e benefícios para a implantação de uma usina termonuclear. Na ultima sexta-feira, 5, a comitiva participou de uma palestra com o presidente da Eletrobrás, empresa responsável por operar e construir usinas no país, além de poder conversar com o prefeito de Angra dos Reis, município que abriga a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, responsável pelo funcionamento de Angra I e II. Na contramão das críticas de alguns movimentos ambientalistas que são contrários à construção, três estados do Nordeste já manifestaram interesse em implantar a primeira usina nuclear do nordeste. Segundo a Eletrobrás, Pernambuco, Alagoas e Sergipe já encaminharam ofício solicitando a instalação. De acordo com a Eletrobrás após cumprir todos os prazos de seleção, a meta é que em 2019 a primeira usina central nuclear do Nordeste esteja em funcionamento.

Adaptado do infonet

Nenhum comentário:

Postar um comentário