sábado, 4 de setembro de 2010

Aracaju: Adolescente brinca com arma e mata o irmão de 10 anos

Uma brincadeira com arma de fogo acabou em tragédia no Robalo, zona de expansão de Aracaju. Por volta das 9h30 de ontem, um adolescente com 15 anos manuseava a arma calibre 22 pertencente ao pai, Givaldo Muniz dos Santos, e sem saber que a arma estava municiada encostou na testa do irmão Renilson Silva Santos, 10 anos, e acionou o gatilho. O fato aconteceu entre o quarto e a sala da residência de número 50 da Rua E. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência teve morte instantânea. Enquanto o adolescente foi encaminhado, juntamente com a mãe, à Delegacia Especial de Proteção a Criança e Adolescente (DEPCA).

De acordo com o sargento Joselito, da Companhia de Polícia de Radiopatrulha (CPRp), os irmãos estavam brincando no interior da residência, quando em dado momento o adolescente com 15 anos pegou uma arma calibre 22, que estava guardado em um armário. Sem imaginar que a arma estava municiada, o adolescente passou a manuseá-la. No momento em que os dois estavam entre o quarto e a sala da casa, o irmão encostou a arma na testa da criança e efetuou o disparo.

O barulho do tiro atraiu a atenção da mãe, Eliane Francisca de Andrade da Silva, e de vizinhos, que ao chegar ao local encontraram o menino agonizando, com exposição de massa cefálica. O Samu foi acionado, mas devido à gravidade do ferimento, Renilson morreu antes de receber socorro médico. A polícia foi informada do ocorrido e equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Radiopatrulha estiveram na Rua E. A arma foi apreendida e o adolescente e a mãe foram levados para DEPCA, onde foram ouvidos pelo delegado Marcos Passos.

A polícia vai investigar a procedência da arma, se era registrada, e se o pai da vítima e autor, Givaldo Muniz dos Santos, tinha porte. Ele também deverá ser interrogado e poderá ser responsabilizado criminalmente pelo ocorrido. Na Rua E, no Robalo, o clima era de tristeza e comoção. “Isso é uma tragédia. Meu Deus, que dor não está sentindo essa mãe”, disse a dona de casa Maria dos Santos. O corpo de Renilson foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e depois de necropsiado liberado para o sepultamento, que acontece na manhã de hoje.


Fonte: JC Aracaju

Nenhum comentário:

Postar um comentário