sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Maria do Carmo e João Alves são absolvidos e PRE recorre


A senadora Maria do Carmo e o ex-governador João Alves Filhos foram absolvidos pelo Tribunal Regional Eleitoral da acusação de uso da máquina pública para fins eleitoreiros. A denúncia era referente as candidaturas de 2006, quando a senadora obteve a reeleição e João perdeu o governo do Estado.
A decisão foi recorrida pela Procuradoria Regional Eleitoral, que pede a cassação do mandato da senadora Maria do Carmo Alves e a condenação de João Alves Filho ao pagamento de multa.
De acordo com o relato da PRE, os acusados usaram a estrutura da Secretaria de Educação para enviar cartas assinadas pelo candidato João Alves em que pedia voto para si e para sua esposa Maria do Carmo nas eleições de 2006. Os informes eram entregues pelos professores aos alunos.

Fonte: Cinform
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário