sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Militares sergipanos presos em Ribeira do Pombal/BA


Três servidores da Polícia Militar, que estavam à disposição da Coordenadoria de Polícia Civil interior, cujo trabalho era o de apoiarem o trabalho velado de investigações – também típico da PM -, foram presos no município de Ribeira do Pombal, no Estado da Bahia. Lá, supostamente, estavam vendendo munição da Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) para ciganos, abrigados naquela cidade.
Flagrados pelas autoridades policiais locais, os militares foram conduzidos à delegacia do município, onde foi lavrado, contra eles, auto de prisão em flagrante por crimes previstos no Estatuto do Desarmamento.
A Coordenadoria de Polícia Civil do Interior, que tem à sua frente o delegado Fernando Melo, ao tomar conhecimento do fato, interagiu com o delegado baiano, no sentido de esclarecer o fato. A SSP acredita que, se, o que foi apurado inicialmente for confirmado, trata-se de grave desvio de conduta dos policiais, que agiram sem o conhecimento do coordenador das Delegacias do Interior, sem que dispusessem de qualquer ordem de missão ou de qualquer outra determinação semelhante.
A determinação é de que seja instaurado no âmbito da Polícia Militar um procedimento administrativo disciplinar para que, caso as acusações sejam confirmadas, podem até gerar demissão dos policiais, no entanto, garantindo o direito do contraditório e da ampla defesa. Este procedimento acompanhará o inquérito policial instaurado pela Polícia Civil baiana, que investigará o caso.
A SSP lamenta o ocorrido, garantindo que as providências serão tomadas com o objetivo de apurar o caso, e punir os servidores que cometeram algum crime contra a Instituição e a população do Estado de Sergipe.

Fonte: Blog do Bob

Nenhum comentário:

Postar um comentário