terça-feira, 23 de novembro de 2010

Para Deputado, filho gay precisa apanhar


O deputado federal e militar Jair Bolsonaro (PP-RJ), afirmou em entrevista ao programa “Participação Popular" da TV Câmara na última quinta-feira (18) que os pais deveriam dar um “couro” nos filhos com tendências homossexuais para mudarem de comportamento. Ele e o também deputado Paulo Henrique Lustosa (PMDB/CE), presidente da Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente, discutiam sobre a Lei da Palmada, quando Bolsonaro afirmou: “o filho começa a ficar assim meio gayzinho, leva um coro, ele muda o comportamento dele. Olha, eu vejo muita gente por aí dizendo: ainda bem que eu levei umas palmadas, meu pai me ensinou a ser homem”. Apesar de polêmica, essa não foi a primeira declaração duvidosa do parlamentar. Em 2000, ele apoiou publicamente a tortura de presos em casos de sequestros e outras situações, onde sob fortes ameaças o detento pudesse emitir informações que salvassem vidas. Com informações da Revista lado A.

Fonte: Blog do Bob


Nenhum comentário:

Postar um comentário