segunda-feira, 4 de abril de 2011

CLIMA TENSO NOS BASTIDORES: TV SERGIPE EXIBE TELEJORNAL PERNAMBUCANO


O clima é tenso e nada agradável em Sergipe, onde fica a sede da TV Sergipe afiliada da TV Globo.
O RD1 já havia noticiado o que estava acontecendo na emissora, no dia 02/12/10, quando o novo diretor Paulo Siqueira demitiu 18 funcionários de uma só vez. E, claro, com o andamento das demissões boa coisa não poderia vir por aí.
Chega 2011 e o clima tenso prevalece. Paulo é diretor superintendente da emissora e vem demitindo os funcionários da TV Sergipe sem nenhum motivo especifico, apenas alega "enxugamento de emissora". Vale ressaltar que Paulo não foi enviado pela Rede Globo e sim pelos donos da TV Sergipe para realizar algo que até agora não foi explicado.
Porém, os funcionários da afiliada não reclamam apenas de demissões. Sacuteamento, repressão e assédio moral são outros empecilhos encontrados por eles.
Um twitter (@salveatvse) foi criado por trabalhadores da emissora, que preferem ficar em sigilo, e informam tudo o que acontece nos bastidores.
- Quando a família Franco administrava a TV Sergipe éramos respeitados. Foi preciso vir gente de fora de Sergipe para nos assediar moralmente.
- Nossos salários foram cortados, nossos direitos foram riscados, nossa dignidade está sendo manchada.
A TV Sergipe é líder isolada com seus programas, locais ou nacionais, e vem tendo que reduzir os gastos sem nenhum motivo especifico.  Reportagens são feitas pela metade por conta da proibição de horas extras. Não há negociação para a priorização do jornalismo.
Equipes de reportagem (repórter, cinegrafista e motorista) não recebem diárias em viagens, conforme previsto em acordo coletivo. Motoristas tiveram o horário de trabalho aumentado em 2 horas, sem receber nada a mais por isso.

Fonte: Ne Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário