terça-feira, 28 de junho de 2011

POÇO VERDE: ALUNO É DESTAQUE!

“Estou muito feliz por contribuir para conscientizar os jovens que não devem entrar no mundo das drogas”. A declaração do aluno Douglas Santos Batista, 13, da Escola Estadual Antônio Muniz de Souza, situada em Poço Verde, mostra o grau de satisfação do jovem para alertar sobre os perigos das drogas. O sergipano foi o vencedor da região Nordeste do Concurso Nacional Arte e Cultura na Prevenção do Uso de Crack e de outras Drogas, promovido pela Secretaria Nacional sobre as Drogas (Senad) do Ministério da Justiça. Na manhã desta segunda-feira, 27, o aluno vencedor foi recebido pelo secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas.
“Em nome do Governo de Sergipe quero lhe parabenizar por esta importante vitória, que irá incentivar cada vez mais todos os estudantes da rede pública estadual de ensino a estudarem mais para que possam alcançar seus objetivos”, disse Belivaldo Chagas.
Aluno do 9º ano do ensino fundamental, Douglas Batista, criou o vídeo ‘O Cordel conta a história do craque que largou o crack’. A entrega do prêmio no valor de R$ 3 mil ocorreu na última segunda-feira, 20, em cerimônia realizada no anexo um do Palácio do Planalto com, a presença da secretária Nacional de Políticas sobre Drogas, Paulina Duarte.
“No meu trabalho, conto a história de um craque de futebol que vai para a cidade grande com o objetivo de realizar seu maior sonho: tornar-se um jogador de futebol profissional. Chegando lá, à noite, em companhia de colegas, ele vai até uma boate e cai na tentação de provar o crack”. De acordo com a história de Douglas Batista, o seu personagem, para deixar o vício, teve que contar com o apoio da família. “Estou muito feliz, não só pelo prêmio, mas também por representar bem o Estado de Sergipe”, disse.
 A professora do aluno vencedor, Divanete de Matos Araújo, esteve em Brasília acompanhando a entrega do prêmio, que marcou a 13ª Semana Nacional sobre Drogas. “A vitória de Douglas é um orgulho para nós sergipanos, principalmente para todos que trabalham e estudam na Escola Antônio Muniz de Souza”, disse a professora. Segundo ela, Douglas Batista é um excelente aluno.
Premiação
O concurso premiou 90 vencedores e se dividiu em cinco categorias: cartazes, fotografia, jingle, vídeo e monografia. O tema deste ano foi ‘A intersetorialidade como estratégia de enfrentamento do crack”. Ao todo, foram distribuídos R$ 135 mil em prêmios para estudantes matriculados desde o 2º ano do ensino fundamental até o nível superior. Também foram homenageadas pessoas e instituições de todo o Brasil que contribuíram para a implementação da Política Nacional sobre Drogas.

Informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Educação
Por: edelsonfreitas.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário